Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Últimas Notícias > Ufra, OCB/PA e Unimed promoverão cursos de informática para cooperativas de reciclagem e ribeirinhos
Início do conteúdo da página
Ultimas Notícias

Ufra, OCB/PA e Unimed promoverão cursos de informática para cooperativas de reciclagem e ribeirinhos

  • Publicado: Quarta, 23 de Setembro de 2020, 11h20
  • Última atualização em Quarta, 23 de Setembro de 2020, 11h20

inclusão digital 03

Com o objetivo de promover as inclusões social e digital de cerca de 500 pessoas, a Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), o Sistema Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado do Pará (OCB/PA), o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/PA) e a Unimed Belém assinaram uma parceria para ofertar cursos de informática básica para cooperativas de reciclagem e populações ribeirinhas da Grande Belém. A execução do projeto deverá ter início ainda em 2020, inicialmente focado nos cooperados e seus familiares, e terá duração de 12 meses.

O curso terá carga horária de 52 horas e será ministrado por alunos bolsistas dos cursos de Licenciatura em Computação e Bacharelado em Sistemas de Informação da Ufra, que coordena o projeto. A ideia é proporcionar aos participantes conhecimentos técnicos computacionais, contribuindo para a conquista de sua cidadania digital. O curso deverá auxiliar os cooperados nas rotinas administrativas, que hoje são permeadas pela informática, mas também em outros âmbitos de suas vidas.  

O pró-reitor adjunto de Extensão, professor Jonas Castro, explica que a Ufra será responsável pela expertise, através de seus estudantes, enquanto a OCB/PA cederá o espaço e o apoio financeiro aos bolsistas. Já a Unimed doou dez microcomputadores recondicionados e mobiliário necessário ao projeto, e está preparando outros dez computadores para atender às turmas de 20 pessoas cada.

O curso terá como objetivos apresentar conceitos básicos de informática e dos programas introdutórios, com uma linguagem simples e aulas presenciais e práticas. Em um primeiro momento, serão apresentados conceitos como hardware e software, periféricos, sistema operacional e internet. Em seguida, o curso abordará Introdução à Edição de Texto, Introdução à Planilha Eletrônica e Introdução à Apresentação. Além disso, haverá um tópico sobre utilização do computador de forma ética, consciente e segura.

O reitor da Ufra, professor Marcel Botelho, ressalta a relevância dessa iniciativa, especialmente levando-se em consideração o momento atual que o mundo vive. “A pandemia mostrou para a sociedade a importância estratégica do investimento em tecnologia e comunicação. Portanto, essa parceria Ufra/OCB/Unimed para a inclusão digital é fundamental na diminuição da assimetria social em nossa cidade, com isso gerando efetivamente melhor qualidade de vida para essa população mais carente de Belém”.

Para a professora da Ufra Decíola Fernandes de Sousa, responsável pela coordenação técnica, além dos benefícios sociais para as populações atendidas, o projeto terá um grande impacto na formação dos alunos. “O projeto chega em um momento muito importante para a Ufra e em especial para os discentes dos cursos de Licenciatura em Computação e Sistemas de Informação. É uma excelente oportunidade para colocarem em prática o que estamos ensinando na graduação, além de se tornarem conhecidos no mercado de trabalho regional”, afirma a docente, que é sub-coordenadora do curso de Computação do campus Belém.  

Cooperação

O projeto é mais uma iniciativa da Ufra no âmbito do acordo de cooperação técnica firmado com a OCB/PA em 2018, com vistas ao fortalecimento das cooperativas paraenses filiadas ao sistema OCB. A parceria, que tem vigência inicial de cinco anos, tem resultado em ações de pesquisa e extensão,  especialmente na agropecuária. No último mês de junho, por exemplo, as instituições lançaram o aplicativo Compras Coop-Pa, uma plataforma desenvolvida para facilitar a compra de produtos da agricultura familiar paraense, diminuindo as distâncias com o consumidor final. “Estamos caminhando a passos largos para o desenvolvimento do cooperativismo paraense, mas com responsabilidade social e apoiando os mais necessitados. Isto é cooperativismo responsável e sustentável”, afirma o professor Jonas Castro.

Ensino de línguas

Outro projeto conjunto, este ainda em fase de elaboração, irá disponibilizar aulas de Inglês, Espanhol e Português para cooperados, colaboradores e familiares provenientes da Ilha do Combu. Posteriormente, a ideia é atender também cooperativas de táxi com cursos de inglês instrumental adaptado, uma vez que grande parte dos seus clientes é estrangeiro.

Texto: Jussara Kishi

Arte: Cristian Santos

Ascom Ufra

Fim do conteúdo da página

Avenida Presidente Tancredo Neves, Nº 2501 Bairro: Terra Firme  Cep: 66.077-830 Cidade: Belém-Pará-Brasil