Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Últimas Notícias > Cartilha orienta e esclarece dúvidas sobre o coronavírus e os animais
Início do conteúdo da página
Ultimas Notícias

Cartilha orienta e esclarece dúvidas sobre o coronavírus e os animais

  • Publicado: Terça, 07 de Abril de 2020, 16h44
  • Última atualização em Terça, 07 de Abril de 2020, 17h24

 

A Universidade Federal Rural da Amazônia disponibilizou nesta terça (07) um guia de instruções sobre animais e coronavírus. O material informativo foi elaborado pelos residentes de Medicina Veterinária Preventiva, orientados pela professora Andréa Negrão. O material é ilustrado e traz uma linguagem didática, abordando desde as diferenças entre os vírus que acometem os animais e os humanos, até cuidados de prevenção e uma lista de contatos caso o tutor apresente sintomas do Covid-19.

“A ideia é dar informações ao nosso público atendido pela UFRA, ou seja, informar os tutores de animais que buscam tanto o Hospital Veterinário quanto no Posto de Vacinação de cães e gatos. Como essas pessoas não estão sendo atendidas nesse período da pandemia, pois as atividades estão suspensas, nós pensamos em fazer cartilhas para esse público. Nós sabemos que infelizmente nem todos tem acesso à internet, mas acreditamos que uma pessoa sabendo, dentro de uma comunidade, ela espalha a notícia para os outros”, diz a professora Andréa Negrão, que é médica veterinária infectologista.

A cartilha é uma medida de combater a desinformação e as fake News, que tem se tornando tão comuns, especialmente nesse período de isolamento. A Organização Mundial de Saúde (OMS)

Informou que não há evidência de que animais possam ficar doentes ou transmitir o novo

coronavírus. A recomendação é quanto a higiene dos bichinhos, especialmente se for feito algum passeio. Pessoas infectadas também devem ter alguns cuidados ou evitar o contato com seus cães e gatos, para não espalhar partículas de vírus na pelugem dos animais.

“As fake news acabam confundindo a população, com informações sem fundo científico. Isso atrapalha, pois são informações erradas. Até agora não há nenhuma confirmação científica que prove que a doença pode ser transmitida dos animais para o homem. No caso do Covid-19 ainda há muita gente estudando sobre a epidemiologia da doença, como ela surgiu, e já existem teorias”, diz.

É importante alertar que nenhuma vacina de animais deve ser usada por humanos. “As vacinas de animais tem efeito em animais. Existem vários tipos de coronavírus, e cada espécie animal tem o seu próprio coronavírus, tem o canino, o felino, e assim vai. Só que elas não causam doenças em outras espécies, por isso elas são chamadas de espécies específicas, ou seja, ela só causa a doença naquela espécie em que ela se desenvolveu e se adaptou e só causa a doença naquela espécie em específico”, alerta.

As atividades da residência ocorrem de forma remota, e o grupo formado por seis residentes mais o professor Alexandre Casseb, segue realizando levantamento de dados e elaborando materiais informativos. A proposta é que mais cartilhas informativas possam ser elaboradas a partir desse trabalho.

A cartilha está disponível no link: https://bit.ly/3aSf1x1 

Texto: Vanessa Monteiro, Ascom UFRA

 

 

 

Fim do conteúdo da página

Avenida Presidente Tancredo Neves, Nº 2501 Bairro: Terra Firme  Cep: 66.077-830 Cidade: Belém-Pará-Brasil