Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Últimas Notícias > IV Feira de Ciências do Acutipereira: a Ufra transpondo os muros e gerando novas práticas de sustentabilidade
Início do conteúdo da página
Ultimas Notícias

IV Feira de Ciências do Acutipereira: a Ufra transpondo os muros e gerando novas práticas de sustentabilidade

  • Publicado: Terça, 01 de Outubro de 2019, 14h55
  • Última atualização em Terça, 01 de Outubro de 2019, 15h00

feira acutipereira setembro 2

Em maio de 2017, a Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), por meio de grupos organizados (PET Florestal, GEMIP-Paragominas, NUPEAN, Programa UFRA na Reforma Agrária-PURA), iniciou o projeto “Transpondo muros” na mesorregião do Marajó, município de Portel, Pará. Desde então alunos, professores e técnicos dos campi Belém e Paragominas começaram a participar da Feira de Ciências do Rio Acutipereira. A Feira ocorre, desde o seu início, em 2016, na comunidade Santo Ezequiel Moreno, no Projeto de Assentamento Agroextrativista Acutipereira. A participação da UFRA tem acontecido como coordenação geral, oferecimento de cursos, oficinas, palestras e por exposições de projetos desenvolvidos pela instituição.

Na edição 2019, a Ufra participou da coordenação geral e esteve, entre os dias 26 a 28 de setembro, na realização da IV Feira de Ciências do Acutipereira. Este ano, o tema escolhido foi “Conhecimento gerando novas práticas de sustentabilidade”. A professora Gracialda Ferreira, membro da coordenação geral, relatou que Conhecimento é um conjunto de informações armazenadas por intermédio da experiência ou aprendizagem, ou seja, é o maior ativo para transformar o mundo em um lugar melhor, e que a Ciência é um meio para adquirir conhecimento baseado em métodos, organização, experimentação, observação, identificação, pesquisa e explicação de determinadas categorias de fenômenos e fatos, e formulados metódica e racionalmente.

Para ela, reunir pessoas que buscam conhecimento usando como meio para isso a ciência tem sido o foco das edições da Feira de Ciências do Acutipereira, que desde o seu início se propôs a ser um espaço para troca de saberes, intercâmbio de conhecimento e, sobretudo, um espaço para exposição e discussão de descobertas e resultados para problemas cotidianos ou não acessíveis às comunidades, e também como oportunidades de crescimento científico, cultural e social.

Nesta IV edição, a Feira de Ciências do (Rio) Acutipereira, reuniu cerca de 550 pessoas, vindas de quatro estados brasileiros - Amapá, Brasília, Minas Gerais e Pará - e nove municípios do estado do Pará - Abaetetuba, Belém, Breves, Curralinho, Igarapé-Açu, Melgaço, Muaná, Paragominas e Portel). Do município de Portel, o evento teve representação dos principais rios - Acangatá, Acutipereira, Anapu, Camarapi e Pacajá -, com 46 comunidades e 22 escolas. No total, 194 alunos/professores estiveram presentes na feira e dez projetos de ciências estiveram expostos, dos quais sete apresentados por escolas do PEAEx Acutipereira, do Rio Pacajaí e da comunidade Prainha. No evento, foram oferecidos 18 cursos/oficinas pelos diversos parceiros que estiveram presentes, dos quais participaram 391 pessoas, ao longo dos três dias de evento.

A feira também promoveu um intercâmbio gastronômico entre cozinheiros (as) dos Grupos Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE (Rio Pacajá, rio Anapu, rio Camarapi, rio Acutipereira) e Cozinha Iaçá (Projeto Mulheres Marajoaras da comunidade Santo Ezequiel Moreno).

Da Ufra, participaram os professores Gracialda Ferreira e Anderson Silva, a engenheira agrônoma Wilza Silveira Pinto e oito alunos do grupo PET Florestal.

O evento contou com o apoio da Embrapa (Belém, Brasília, Amapá), Projeto Bem Diverso (Embrapa/Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD)/Fundo Mundial para o Meio Ambiente (GEF)), Ufra Belém e Paragominas (PET Florestal, GEMIP, PURA), Instituto de Desenvolvimento Florestal do Estado do Pará (IDEFLOR-BIO), Secretaria de Educação do Município de Portel (SEMED), Associação Dos Moradores Da Gleba Acutipereira (ASMOGA), Associação dos Trabalhadores Agroextrativistas do rio Acutipereira (ATAA), Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Portel, Emater (Melgaço e Breves).

feira acutipereira setembro 3

feira acutipereira setembro 5

feira acutipereira setembro 1

feira acutipereira setembro 6

 

Com informações do PET Florestal

Fim do conteúdo da página

Avenida Presidente Tancredo Neves, Nº 2501 Bairro: Terra Firme  Cep: 66.077-830 Cidade: Belém-Pará-Brasil