Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Últimas Notícias > Ecos da Amazônia: exposições da Ufra no espaço ecológico do Intercom 2019
Início do conteúdo da página
Ultimas Notícias

Ecos da Amazônia: exposições da Ufra no espaço ecológico do Intercom 2019

  • Publicado: Terça, 03 de Setembro de 2019, 16h01
  • Última atualização em Terça, 03 de Setembro de 2019, 16h16

A Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) é uma das instituições organizadoras do 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Intercom 2019, que ocorre em Belém, de 02 a 07 de setembro de 2019. Juntamente com a Universidade Federal do Pará (UFPA), a Ufra está à frente do espaço Ecos da Amazônia, uma grande vitrine para que a comunidade possa conhecer microempreendedores e projetos na área de ensino, pesquisa e extensão ligados à sustentabilidade.

Com o tema “Sustentabilidade e Comunicação”, o Ecos da Amazônia é um espaço amplo, acessível e acolhedor a todos os participantes do Intercom e da comunidade externa. Os visitantes e congressistas tem a oportunidade de dialogar e conhecer inúmeros projetos de pesquisa e extensão dispostos em estandes.

O espaço tem o objetivo de aproximar o público presente de assuntos diretamente ligados à região amazônica, tais como: sustentabilidade, valoração ambiental, potencial enérgico e biodiversidade, de forma sustentável e criativa. O espaço conta com 35 produtores e microempreendedores especializados em oferecer serviços e produtos sustentáveis em vários segmentos.

No estande do Programa de Educação Tutorial em Engenharia Florestal (PET Florestal) é apresentado o trabalho intitulado “Projeto Unidade Experimental em Recuperação de Áreas Degradadas”. O projeto está sendo realizado na Ufra, onde os alunos analisaram uma área de extração de areia, realizando coleta botânica e análise da fauna para saber o tipo de vegetação existente no local para, então, lançarem novas sementes e iniciar a recuperação da área. De acordo com João Lucas Sauma, aluno do 6º semestre de Eng. Florestal e expositor no estande PET Florestal, agora é necessário esperar a época de chuvas para obter o máximo poder germinativo das sementes plantadas no local.

No estande da Pró-Reitoria de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico (PROPED), é apresentado o projeto “Banheiro Ecológico Ribeirinho: uma alternativa de saneamento para comunidades rurais amazônicas”, da professora Vânia Neu. Trata-se de uma cartilha desenvolvida através de projeto de extensão da Ufra para atender as comunidades ribeirinhas da Amazônia. O projeto tem como objetivo levar conhecimentos de saneamento básico, a partir da orientação para a implantação de banheiros ecológicos adaptados às áreas de maré, para substituir os banheiros rústicos (conhecidos como casinhas), os quais deixam o esgoto e o descarte do lixo a céu aberto, provocando a contaminam do solo e da água. 

Bianca Saraiva, aluna de Engenharia Ambiental e expositora do estande da PROPED, afirma que os banheiros ecológicos reduzem a contaminação da água e do solo, impedem que animais entrem em contato com as fezes e não deixa cheiro desagradável. Na cartilha há indicação de materiais necessários e o passo a passo para a implantação dos banheiros ecológicos.

Bianca também apresenta outro projeto coordenado pela professora Vânia Neu, intitulado “Água da chuva: vida e saúde que vem dos céus da Amazônia”, também em forma de cartilha, desenvolvida através de projeto de extensão da Ufra. O trabalho busca atender as comunidades ribeirinhas da Amazônia, tendo em vista a poluição dos rios e igarapés da região por plásticos, óleo de embarcações, metais pesados, chorume e outros, considerando, também, que na região muitas famílias ribeirinhas não têm acesso ao abastecimento de água potável e dependem da água dos rios.

De acordo com Bianca, o projeto leva conhecimento para as comunidades desenvolverem um sistema de captação da água da chuva (cisternas) para o consumo (cozinhar e beber). A cartilha orienta como é possível ter água potável por meio da coleta de água da chuva, além de indicar os materiais necessários e o passo a passo para a implantação das cisternas.

 

Texto e fotos: Isadora Simas

Ascom / Ufra

Fim do conteúdo da página

Avenida Presidente Tancredo Neves, Nº 2501 Bairro: Terra Firme  Cep: 66.077-830 Cidade: Belém-Pará-Brasil