Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > AGENDA DE EVENTOS > Intercom 2019: espaço Ecos da Amazônia apresentará empreendimentos sociais e científicos
Início do conteúdo da página
AGENDA DE EVENTOS

Intercom 2019: espaço Ecos da Amazônia apresentará empreendimentos sociais e científicos

  • Publicado: Terça, 27 de Agosto de 2019, 10h02
  • Última atualização em Sexta, 30 de Agosto de 2019, 23h35
  • Acessos: 992

Post Ecos

A Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) é uma das instituições organizadoras do 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Intercom 2019, que será realizado em Belém, de 02 a 07 de setembro de 2019. Juntamente com a Universidade Federal do Pará (UFPA), a Ufra estará à frente do espaço Ecos da Amazônia, uma grande vitrine para que a comunidade possa conhecer microempreendedores e projetos na área de ensino, pesquisa e extensão ligados à sustentabilidade.

Com o tema “Sustentabilidade e Comunicação”, o Ecos da Amazônia será um espaço amplo, acessível e acolhedor a todos os participantes do Intercom e da comunidade externa. Os visitantes e congressistas terão a oportunidade de dialogar e conhecer inúmeros projetos de pesquisa e extensão dispostos em estandes.

A ideia é aproximar o público presente de assuntos diretamente ligados à região amazônica, tais como: sustentabilidade, valoração ambiental, potencial enérgico e biodiversidade, bem como estabelecer parcerias entre pesquisados, alunos e instituições públicas e privadas. Para a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP), que coordena a ação, essa é uma forma de valorizar a produção e o pensamento científico produzido pelos servidores da casa e por microempreendedores e instituições que valorizam a região de forma sustentável e criativa.

Dentre os projetos e tecnologias sociais de destaque, haverá o projeto da Ufra “Segurança hídrica e saneamento básico descentralizado por meio de tecnologias sociais na Região Insular de Belém”, que visa à divulgação e à promoção de alternativas de saneamento voltadas a populações carentes e ribeirinhas. O projeto é o mesmo que originou as cartilhas “Banheiro Ecológico Ribeirinho: uma alternativa de saneamento para comunidades rurais amazônicas” e “Água da Chuva: vida e saúde que vem dos céus da Amazônia”.

Entre pesquisas e trabalhos que se voltam para o desenvolvimento sustentável da região, um destaque é o projeto “Microorganismos promotores de crescimento de plantas”, que, através do uso de nanotecnologia, prima pela redução de fertilizantes químicos e agrotóxicos.

De cunho educativo, a exposição “Conhecer, conservar, usar e respeitar” demonstra, através de uma maquete de 4m x 1m, a floresta nativa, contendo todos os elementos naturais, incluindo o homem na sua forma primitiva, até a retirada total da floresta para construção dos elementos que o homem moderno considera como fundamentais para a sua sobrevivência.

Quando falamos sobre projetos sociais desenvolvidos em parceria com a comunidade, o projeto “Pescarte” é uma referência por já ter atendido mais de 100 mulheres em sete comunidades, proporcionando a inclusão social e geração de trabalho e renda através do aproveitamento do pescado e confecção de artesanato.

Somados aos 20 projetos, serão 35 produtores e microempreendedores sociais especializados em oferecer serviços e produtos sustentáveis em diversos segmentos: gastronomia, moda, bioenergia, arte, vestuário, dentre outros. Esses profissionais serão acompanhados por instituições parceiras que visam ao uso sustentável da biodiversidade da Amazônia e ao estímulo ao cooperativismo, por meio da criação e fortalecimento de ambientes de inovação nas distintas regiões do estado do Pará.

Dois destaques são importantes: durante o evento, haverá ações para tratamento dos resíduos gerados. Os visitantes poderão adquirir uma ECOBAG para utilizarem durante o evento e todos os resíduos produzidos serão destinados para reciclagem via cooperativas parcerias do Projeto Quem Ama Cuida.

O espaço Ecos da Amazônia conta, ainda com os seguintes apoiadores e parceiros: FAEPA, Organização das Cooperativas do Brasil, Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil, Projeto Quem Ama Cuida, BioTec Amazônia, Biblioteca Lourenço José Tavares Vieira da Silva, Pró-reitoria de Extensão/Ufra, Pró-reitoria de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico/Ufra e da Pró-reitoria de Extensão/Ufra.

Serviço:

O espaço Ecos da Amazônia estará aberto a partir do dia 02.09 (das 14h às 19h) e de 03 a 06/09, das 10 às 14h, no estacionamento ao lado do Centro de Eventos Benedito Nunes, no campus Básico da UFPA. A entrada é gratuita.

Fim do conteúdo da página

Avenida Presidente Tancredo Neves, Nº 2501 Bairro: Terra Firme  Cep: 66.077-830 Cidade: Belém-Pará-Brasil