Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Últimas Notícias > Ufra e Uepa discutem criação de especialização pública em autismo
Início do conteúdo da página
Ultimas Notícias

Ufra e Uepa discutem criação de especialização pública em autismo

  • Publicado: Quarta, 05 de Junho de 2019, 15h00
  • Última atualização em Sexta, 02 de Agosto de 2019, 10h47

espec autismo

Ocorreu na última terça-feira, 05 de junho de 2019, no Gabinete da Reitoria da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), uma reunião para apresentação da proposta de criação da primeira Especialização Pública em Autismo no Estado do Pará. 

A proposta foi apresentada ao reitor Marcel Botelho pelas professoras Flávia Marçal, da Ufra, e Scheilla Abbud, da Universidade do Estado do Pará (Uepa), além da servidora pública e advogada Nayara Barbalho, da Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Pará (ARCON). Também participou da reunião o pró-reitor adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico da Ufra, professor Candido Neto.

O Curso de Especialização em “Transtorno do Espectro Autista: intervenções multidisciplinares em contextos intersetoriais variados” pretende oferecer subsídios teóricos e práticos para capacitar profissionais (professores, psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, médicos, assistentes sociais e áreas afins) para melhor atuarem em seu campo profissional com indivíduos que apresentem o Transtorno do Espectro Autista (TEA). Assim, a proposta visa formar, inicialmente, 300 profissionais especialistas em autismo de seis mesorregiões do Pará para atuarem nos eixos de saúde e educação, prioritariamente.

A proposta é resultado de demanda social apresentada durante a realização de audiência pública no dia 25 de maio de 2019, em que esteve presente o reitor da Ufra e a profa. Flávia Marçal. Na ocasião, a Universidade reafirmou seu compromisso com a inclusão, em especial com as políticas voltadas para a pessoa com autismo, através do desenvolvimento de projetos e ações como o Projeto TEA, que irá formar, neste ano de 2019, 400 professores no atendimento educacional especializado ao aluno com autismo.

Sob a coordenação da profa. Flávia Marçal, o Projeto TEA é desenvolvido em 6 campi da Ufra, conta com 12 tutores e mais de 30 professores que atuam nesta formação, possibilitando a garantia do compromisso da Universidade com ações de ensino, pesquisa e extensão. 

espec autismo 3

espec autismo 2

Fim do conteúdo da página

Avenida Presidente Tancredo Neves, Nº 2501 Bairro: Terra Firme  Cep: 66.077-830 Cidade: Belém-Pará-Brasil