Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

ptenes

Opções de acessibilidade

Página inicial > Últimas Notícias > EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA RETRATA HISTÓRIAS DE VIDA DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA
Início do conteúdo da página
Ultimas Notícias

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA RETRATA HISTÓRIAS DE VIDA DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

  • Publicado: Terça, 07 de Mai de 2019, 11h27
  • Última atualização em Quarta, 08 de Mai de 2019, 10h15

contando histórias 2019 1

Buscando desmistificar o olhar que a sociedade tem para a diversidade humana e contribuir para a quebra de barreiras atitudinais impostas às pessoas com deficiência, a Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) lança a 4ª edição da Mostra Fotográfica Contando Histórias. A exposição poderá ser visitada gratuitamente de 13 a 31 de maio de 2019, no Shopping Boulevard, em Belém.

A iniciativa é do Núcleo Amazônico de Acessibilidade, Inclusão e Tecnologia (Acessar) da Ufra, em parceria com a Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel). As fotografias têm assinatura de Andréa Miranda, Bianca Viegas, Daniel Matos, Márcio Matos, Márcia Seabra, Nelson Soeiro e Romeu Neto, que tem síndrome de down, é fotógrafo, roteirista e diretor de fotografia da exposição.

O projeto traz ao conhecimento da população histórias de vida de crianças e adultos com diversos tipos de deficiência, buscando mostrar que essas pessoas também podem ter uma vida independente, autônoma e feliz, apesar da falta de acessibilidade que ainda existe na sociedade, explica a coordenadora, Professora Andréa Miranda. “Tem uma máxima que diz que uma imagem vale mais que mil palavras. O projeto Contando Histórias surgiu a partir do entendimento de que a fotografia é uma arte que pode ajudar e contribuir de forma significativa para diminuir o preconceito e aproximar as pessoas”, afirma.

Segundo a professora, que é doutora na área de Acessibilidade, muitas vezes os estudos desenvolvidos por pesquisadores e cientistas não chegam à sociedade, e a ideia da mostra é justamente quebrar esse muro. “Muitas vezes a gente percebe que a pessoa com deficiência é tida como incapaz, mas deficiência não é sinônimo de incapacidade nem de doença. Pela falta de conhecimento sobre esta condição, ainda existe muito preconceito, muitas vezes velado. Por exemplo, nos projetos do Acessar percebemos o quanto as pessoas com deficiência intelectual conseguem se desenvolver e aumentar a atenção e a percepção. No entanto, essas mesmas pessoas chegam ao mercado de trabalho e não conseguem emprego; vão para as escolas e muitos professores não acreditam que elas podem aprender”, relata.

Nesse sentido, o projeto busca sensibilizar para a causa, levando uma grande exposição e informações a um local público, para fazer com que as pessoas mudem seu olhar, contribuindo para uma sociedade mais humana, acessível e inclusiva. “Não são histórias de superação, mas sim histórias de inspiração”, afirma.

Programação

Este ano, o evento será totalmente acessível, com informações em braile e uso de QR Code com áudio-descrição das imagens.  Além da exposição fotográfica em si, a programação contará com diversas apresentações de dança, bate-papo, show de comédia stand-up com Epaminondas Gustavo, desfiles e apresentação do Grupo de Equoterapia da Polícia Militar do Pará. Entre os shows musicais estão Nilson Chaves, Gabriel Melo e Geraldo Sena. São parceiros do evento o Núcleo Integrado de Odontologia (NIO) e a Universidade da Amazônia (Unama)

“Este ano, o projeto tem apoio da Prefeitura de Belém e de diversos artistas paraenses. A cada ano que passa, aumenta o nosso número de parceiros, que nos ajudam a levar a mensagem de que todos nós podemos fazer tudo o que sonharmos. É essa vontade de tornar a sociedade mais humana e mais acessível para todos, independente de condição física, sensorial, motora ou cognitiva”.

Serviço

A abertura da IV Exposição Contando Histórias ocorrerá no dia 13 de maio (segunda-feira), às 18h, no Lounge da Sol Informática, no 3º piso do Shopping Boulevard. O shopping está localizado Na Avenida Viconde de Souza Franco (Doca), 776. A exposição ficará aberta ao público até o dia 31.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

contando histórias 2019 2

Texto: Jussara Kishi

Fim do conteúdo da página

Avenida Presidente Tancredo Neves, Nº 2501 Bairro: Terra Firme  Cep: 66.077-830 Cidade: Belém-Pará-Brasil