Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

ptzh-CNenfrjaes

Opções de acessibilidade

Início do conteúdo da página
Ultimas Notícias

UFRA ADOTA MEDIDAS PARA FORTALECER A CULTURA DA SUSTENTABILIDADE

  • Publicado: Quinta, 07 de Fevereiro de 2019, 12h39
  • Última atualização em Quinta, 07 de Fevereiro de 2019, 12h39
  • Acessos: 1992

US banner1

Diminuir o desperdício de energia elétrica; fazer coleta seletiva de lixo; reaproveitar materiais que antes seriam descartados; conscientizar a comunidade. Para alcançar estas e outras metas, a Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) está investindo em uma série de ações e novos procedimentos que visam transformar a Universidade, gradualmente, em um ambiente mais sustentável.

Desde 2018, a instituição, por meio de empresa contratada, tem feito o recolhimento de resíduos sólidos que eram acumulados em alguns espaços do Campus Belém. De acordo com o Prefeito da Ufra, Heriberto Figueiredo, de lá para cá foram retirados em torno de três toneladas. “Fizemos o recolhimento de lixo doméstico e de resíduos químicos. Também recolhemos mais de 6 mil lâmpadas, até porque este é um material que contém chumbo, mercúrio e outros minerais agressivos ao meio ambiente, à fauna aquática e à saúde das pessoas”, relata.

Uma preocupação da Universidade é com a destinação correta desse material. As lâmpadas passarão a ser coletadas de forma seletiva e, por meio de uma parceria com a Rede Celpa, os resíduos orgânicos estão sendo triturados e transformados em composto orgânico para utilização na própria Ufra, em projetos e pesquisas. Outra novidade é a produção de lixeiras ecológicas, feitas com uso de material reciclado que serão distribuídas para diversos setores. A instituição também tem feito o reaproveitamento de madeiras de árvores caídas para a produção de placas de identificação dos setores da Universidade, além de usar esse material também para revitalização e sinalização das trilhas ecológicas do Campus Belém.

Pensando em diminuir o desperdício de energia elétrica e otimizar o orçamento da instituição, também foi lançada a Campanha Consumo Consciente de Energia na UFRA em todos os Campi. O resultado não demorou: houve redução na conta de energia elétrica da Universidade. Além da distribuição de material informativo, a Prefeitura, junto ao setor de Vigilância, adotou novos procedimentos para averiguação de possíveis casos de desperdício, tais como lâmpadas e aparelhos de ar-condicionado ligados fora do horário de funcionamento, entre outras irregularidades. Também houve renovação dos sensores de fotocélulas das lâmpadas e foram adotados novos horários para desligamento das luzes nas passarelas, evitando seu uso em horários sem circulação de pessoas.

PLS

Estabelecido em 2016, o Plano de Logística Sustentável (PLS) da Ufra é uma ferramenta administrativa de planejamento que se constitui como um conjunto de medidas para sensibilizar e conscientizar a comunidade interna a adotar práticas sustentáveis no uso dos recursos naturais. A Instrução Normativa nº 10, estabelecida em 2012 pelo Ministério do Meio Ambiente, regulamenta a obrigatoriedade de as universidades implementarem o PLS.

A coordenadora geral, Professora Mônica Nascimento, explica que o Plano será constituído por uma série de projetos de sustentabilidade que abrangem dez dimensões, entre elas: material de consumo; energia elétrica e alternativas; água e esgoto; resíduos sólidos e coleta seletiva; qualidade de vida no ambiente de trabalho; e compras e contratações sustentáveis. “Trata-se da inserção de práticas sustentáveis dentro da Universidade. Isso exige ações de curto, de médio e de longo prazo”, afirma.

Apesar de ainda estar em fase de implantação, mais de 40 ações de sustentabilidade já foram realizadas em vários campi e setores da Ufra no âmbito do PLS, ações estas que vão desde a campanha para economia de energia até o mutirão de limpeza, realizado no final de 2018, dentro do campus Belém, com o tema “Ufra, quem ama cuida!”.

Para auxiliar e acompanhar essas atividades dentro da Universidade, foi estabelecida, em junho de 2018, a Divisão de Sustentabilidade Institucional (DSI), que executa ações sustentáveis alinhadas às legislações vigentes e ao Plano de Desenvolvimento Institucional da Ufra, assim como com a construção de indicadores e avaliação de resultados que envolvam essa temática.

De acordo com a Assessora de Sustentabilidade da Ufra, Débora Nascimento da Silva, um dos resultados esperados com o PLS é a institucionalização de uma cultura de sustentabilidade, “além da catalogação e mapeamento das atividades que vêm sendo feitas em prol de uma Universidade mais limpa, consciente e sustentável”.

Mudança de cultura

Para a Profa. Mônica Nascimento, as ações de conscientização e de adoção de práticas sustentáveis são importantes, mas não suficientes para tornar a Universidade sustentável. “É preciso uma conjunção de esforços para colocar em prática os projetos elaborados dentro das dez dimensões do PLS. Isso requer o envolvimento de toda a comunidade acadêmica. O engajamento e a participação de todos será fundamental para a inserção dessas práticas no cotidiano da Ufra”, diz ela.

De acordo com o Prefeito, Heriberto Figueiredo, a palavra-chave em todas essas iniciativas é “conscientização”. “As pessoas precisam ter mais consciência com relação ao uso do lixo doméstico e descartáveis. Também é preciso que os alunos, servidores e colaboradores tenham cuidado na hora de alimentar animais nos Campi para não deixar resíduos não-biodegradáveis ou mesmo restos de comida no ambiente, pois eles acabam estimulando a proliferação de roedores que podem ser nocivos à saúde humana”, afirma Heriberto Figueiredo.

A longo prazo, a ideia é adotar a coleta seletiva permanentemente na Universidade e a promoção periódica de palestras. “Tudo isso é algo que não se faz do dia para a noite. Tem que haver um processo de conscientização de todos, de alunos a funcionários, gradativo, mas que se torne permanente. São hábitos que temos que colocar em prática na Ufra”, diz o Prefeito, destacando que já se vê a diferença nos espaços da instituição.

trilhas 4

Sinalização de trilhas com uso de madeira reaproveitada.

Quem Ama Cuida 9

Mutirão de limpeza durante a ação "Ufra, quem ama cuida!".

Texto: Jussara Kishi e Raíssa Lima

Fotos: Arquivo Ascom Ufra

Fim do conteúdo da página

Avenida Presidente Tancredo Neves, Nº 2501 Bairro: Terra Firme  Cep: 66.077-830 Cidade: Belém-Pará-Brasil