Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

ptzh-CNenfrjaes

Opções de acessibilidade

Início do conteúdo da página
Ultimas Notícias

OFICINA NA UFRA BELÉM BUSCA DESCONSTRUIR BARREIRAS ENTRE SURDOS E OUVINTES

  • Publicado: Segunda, 10 de Setembro de 2018, 12h25
  • Última atualização em Segunda, 10 de Setembro de 2018, 12h25
  • Acessos: 994

oficina libras ago 2018 1

A Universidade Federal Rural do Amazônia (Ufra) está promovendo a I Oficina de Conversação em Libras voltada para as comunidades interna e externa à instituição. A iniciativa faz parte do Programa AMALIBRAS, desenvolvido pelo Núcleo Amazônico de Acessibilidade, Inclusão e Tecnologia (ACESSAR) e pelo Curso de Licenciatura em Letras Libras. A oficina tem como principal objetivo a promoção de ações multidisciplinares em diferentes âmbitos sociais, visando à difusão da cultura de inclusão, especificamente na perspectiva da inclusão socioeducacional da pessoa surda.

Com encontros semanais, a oficina teve início no último dia 28 de agosto, e está sendo ministrada no Prédio de Letras Libras, Campus Belém, sendo previsto seu término para meados de outubro.

O graduando em Letras Libras Antônio Cavalcante, ministrante da ação, declara: “Ações como essas são importantes para desconstruir barreiras comunicacionais entre surdos e ouvintes. Muito mais do que ter os primeiros contatos com esse idioma, Libras, desejo que os participantes vislumbrem um novo modo de sentir e perceber a vida. Aprender uma nova língua é aprender um novo modo de ser e agir nesta sociedade marcada pela diversidade”.

O discente de Engenharia de Pesca, Phelipe Favacho, participante da oficina, conta que seu interesse pelo tema teve início durante o ensino médio, quando tinha um amigo surdo. “Eu tinha muita dificuldade em me comunicar com ele. Eu falava bem devagar para ele poder fazer leitura labial, mas quando ele falava comigo, me sentia incapaz de ajudá-lo e ficava muito triste com isso. A expectativa é que eu possa ter um conhecimento melhor para que eu possa conversar, ajudar e entender as pessoas surdas”.

LIBRAS - Os surdos passam a ser legalmente reconhecidos em território nacional como um grupo cultural que utiliza uma língua minoritária – a Língua Brasileira de Sinais. A Língua portuguesa, portanto, representa a língua oficial e majoritária da população brasileira. Já a Libras foi oficialmente reconhecida em abril de 2002, pela Lei Federal 10.436, sendo a segunda língua oficial do Brasil.

Mais informações sobre projetos desenvolvidos na área de Línguas de Sinais e Educação Inclusiva da Ufra:

PROEX: http://www.proex.ufra.edu.br/

ACESSAR: https://nucleoacessar.ufra.edu.br/

CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS LIBRAS: https://letraslibras.ufra.edu.br/

oficina libras ago 2018 3

Fim do conteúdo da página

Avenida Presidente Tancredo Neves, Nº 2501 Bairro: Terra Firme  Cep: 66.077-830 Cidade: Belém-Pará-Brasil